8 coisas para fazer quando estiver preso no hotel

Preso no hotel - o que fazer

Por um motivo ou outro, você pode se deparar com o fato de estar preso no quarto de hotel ao invés de explorar o novo destino de viagem. Isso aconteceu comigo algumas vezes quando o clima ou uma doença são os culpados.

Ao invés de se sentir mal por todas as coisas que você está perdendo, aqui segue uma lista de coisas que eu faço para passar o tempo e me sentir que isso faz parte da diversão da viagem.

1. Pesquisar, ler e aprender

Seja um guia de viagem, brochuras do lobby do hotel ou do hostel, ou se já online – invista seu tempo perdido conhecendo mais do seu destino. Em algumas vezes eu descobri lugares perfeitos para visitar que eu provavelmente não saberia da existência sem o pneu período de exílio no quarto de hotel!

Suficientemente curioso, algumas dessas descobertas vieram daquelas estantes ubíquas de brochuras para turistas, que são  frequentemente encontradas em lobby de hotéis e hostels – geralmente são aquelas brochuras que ficam no canto, mais difíceis de pegar e que são ignoradas pelos viajantes.

2. Converse com os funcionários do hotel

Partindo do princípio que você não está com uma doença contagiosa, passe algum tempo conhecendo os funcionários da sua acomodação. Muitos deles são locais com muitas dicas interessantes e se vocês descobrirem que têm interesses em comum eles podem até te ajudar a descobrir o estilo de vida local.

Ou, pelo menos, eles poderão te dizer qual é o melhor lugar para comer na redondeza ou te ajudar a fazer algo diferente se o seus planos tiverem sido totalmente interrompidos.

3. Aproveite para relembrar de jogos antigos

Se você estiver preso com seu companheiro de viagem ou se for um problema climático você pode encontrar outros viajantes na mesma situação, cavar fundo nas profundezas da sua memória e jogar alguns jogos que você não joga faz muito tempo.

Até mesmo o jogo da velha serve se você não tiver nada além de papel e caneta. Eu sempre viajo com um jogo de cartas – elas superam qualquer barreira linguística!

A maioria dos ho(s)téis oferece jogos de tabuleiro e cartas. É só perguntar e você terá a chance de aprender um jogo novo que é popular no país que você está visitando.

4. Escreva uma carta

Lembra que as pessoas costumavam escrever em papel e caneta de verdade e enviar uns para os outros? Tem algo muito especial sobre receber uma carta escrita a mão, mas a maioria das pessoas sente que nunca tem tempo para escrever uma, ou que não tem nada a dizer em uma.

Agora é o momento para escrever uma bela carta para alguém que você se importa. E uma vez que você está de férias ou curtindo o feriado então, provavelmente, você tem muita novidade para escrever para eles. (Só não bata muito na tecla “preso no quarto do hotel”!)

5. Seja criativo

Eu não sou nenhum artista (para falar a verdade, sou o oposto disso), mas em situações como essa, eu vou pegar lápis e papel e tentar melhorar minhas habilidades de desenho. Tem um monte de outras coisas criativas que você pode tentar – digamos, origami ou alguma coisa artesanal que você pode facilmente encontrar.

Algo que sempre me ajuda a relaxar e ser criativa em uma situação como essa é lembrar que ninguém vai correr para arrancar o desenho das suas mãos e publica-lo para o mundo ver. Você está fazendo isso somente para você mesmo e a ideia é ser divertido.

6. Aprenda a usar sua câmera adequadamente

Eu tenho certeza que a maioria de vocês, assim como eu, tem uma câmera com inúmeras funções nunca usadas. Até modelos razoavelmente simples “mirar e disparar” têm um montão de funções extras. Use o seu período no cativeiro para experimentar todas as funções e descobrir qual é o melhor momento para usar cada uma delas. Saber usar a configuração manual da sua câmera de maneira simples pode transformar o resultado final em algo muito melhor que simplesmente usar o modo automático.

7. Planeje o seu futuro

A partir da conversa com outras pessoas eu aprendi que não sou a única a ficar inspirada e motivada sobre a vida em geral, quando estou em uma viagem. Use o tempo para fazer planos detalhados para o futuro!

Por exemplo, planeje um punhado de metas mensais para o próximo anos, escreva algum tipo de lista de desejos para uma ou duas décadas, ou simplesmente descubra um método para conquistar algumas metas nas semanas subsequentes ao seu retorno para casa.

8. Faça…nada

Se você for remotamente parecido comigo, então sua habilidade de ter um tempo para si mesmo e fazer absolutamente nada pode não ser muito bem desenvolvida. No entanto, às vezes, isso pode ser bem produtivo e relaxante (sim, ao mesmo tempo!) simplesmente sentar e fazer nada. Contemple o seu umbigo!

São raras as oportunidades na vida quando não há coisas exigindo nossa atenção, mas se você estiver preso em um quarto de hotel durante uma viagem, você não precisa trabalhar, nem fazer serviços doméstico e, provavelmente nem falar com ninguém (exceto se você estiver viajando acompanhado!). Então, aproveite e não faça nada uma vez na vida!

Traduzido por Laryssa Caetano, texto original no Vagabondish

 

 

Related Post

Quem escreve 

Tradutora freelancer, assessora de imprensa e fã do ambiente digital. Viaja sozinha desde muito cedo e sempre quis saber onde cada trilha e estrada acabam.

Deixe uma resposta