Como corrigir a postura: Evite que as dores estraguem suas férias

No período de férias é comum pensar em economizar dinheiro para aproveitar os destinos escolhidos. Por isso algumas pessoas optam pelo meio de viagem mais econômico, quem decide pegar um voo opta pela classe economia por exemplo, e se a viagem for em família alguns optam pelo carro, mesmo que o tempo de viagem seja longo. Abrir mão do conforto pode ser uma forma de economizar uma boa grana, mas cuidado para não prejudicar a viagem por conta de dores que essa economia pode trazer.
Submeter o corpo a longos períodos na mesma posição pode acarretar em dores prolongadas, e assim comprometer o período de lazer e descanso idealizado inicialmente. Quem passa um longo período sentado ou fazendo movimentos repetitivos podem sofrer de longas dores e até prejudicar o sucesso da viagem, por isso o Viajar eu Preciso trouxe algumas dicas de precaução para aqueles que pretendem seguir viagem economizando sem perder saúde. São orientação para quem deseja não sentir tantas dores durante os percursos. Confira.

De carro, ônibus e moto

Viaja de carro requer um cuidado além o físico, você precisa estar atendo aos movimentos das estradas, e até uma pequena dor pode atrapalhar seu foco nesse trajeto. Por isso ele é dos meios que o motorista mais precisa ter consciência de como é perigoso viajar com dores ou lesionado. O risco de acarretar um acidente é alto demais.
Não force seu corpo durante longas viagem de carro, seu esforço pode não ser o suficiente e um pequeno descuido tem grandes consequências. Para que esse tipo de acidente não ocorra liste alguns deveres antes de seguir viagem, como esses:

– Nada de seguir caminho em alta velocidade para chegar o quanto antes ao destino;
– Determine um período de descanso durante longas viagem, pare em estabelecimentos na beira da estrada para descansar, ir ao banheiro e comer;
– Sempre tente viajar com outra pessoa que saiba dirigir, assim vocês podem alternar a direção do carro. Enquanto um descansa o outro dirige, em caso de alguém sentir fortes dores o outro pode seguir viagem sem comprometer a segurança do veículo;
– O ideal é alguém ficar acordado junto com o motorista, isso evita a fadiga dele e você também pode fazer companhia e impedir que ele durma ao volante;
– Cuidado com os remédios para dores que causam sonolência. Leia a bula do medicamento e evite qualquer medicamento que cause sonolência. O motorista precisa estar sempre alerta;
– Os passageiros devem organizar um rodizio de lugares para corpo não ficar tão exausto. E a cada parada e recomendável que façam um pequeno alongamento;
– Motoristas de ônibus devem descansar no mínimo 30 minutos a cada quatro horas de viagem. Use esse tempo para caminhar, comer e verificar as condições físicas para as próximas quatro horas de viagem;
– Quem for viajar de moto o ideal é utilizar roupas que o protejam de pequenos fragmentos e possíveis quedas. Nesse caso o intervalo de descanso deve ser feito em períodos menores como de 3 em 3 horas.

 Como evitar que as dores estraguem suas feiras

Dores na coluna e na lombar são comuns em quem se submete a esses tipos de procedimento. Mas a continuidade dessas dores requer um acompanhamento médico. Se pode já tem uma predisposição em sentir essas dores busque a ajuda de um especialista, um ortopedista pode te auxiliar nesse processo.

Avião

Regule a poltrona de uma maneira que sua coluna se apoie inteiramente na extensão do acento. A tensão ocasionada pelo voo pode resultar em algumas dores. Isso ocorre porque o corpo está em alerta, então relaxar durante esse tempo é essencial para evitar esses males. Ande no corredor da aeronave, vá até o banheiro e volte, essa movimentação irá ajudar a evitar desconfortos que a viagem pode causar.

Dicas: Se você ainda sente algum incomodo causado por alguma viagem, busque um ortopedista. Há clinicas e ortopedistas em Campo Grande que são especializados nesses tipos de traumas. Tratamentos da medicina esportiva pode aliviar até dores crônicas. A clínica Cotespote é um exemplo desse tipo de tratamento, lá você encontra médicos especializados e tratamentos de ótima qualidade.

Related Post

Quem escreve 

Tradutora freelancer, assessora de imprensa e fã do ambiente digital. Viaja sozinha desde muito cedo e sempre quis saber onde cada trilha e estrada acabam.

Deixe uma resposta