Para relaxar: Os melhores hotéis fazenda do Brasil

Melhores hotéis fazendas do Brasil

Estamos há dois meses do natal e, novamente, do fim do ano. Pronto, começou o stress! É

preciso decidir pra onde vai viajar, na casa de quem será a virada e se pergunta se vai dar

tempo de visitar a tia que mora longe. Pra completar, precisa resolver tudo no trabalho antes

que os órgãos públicos comecem a fechar e volte aquela sensação de nada funciona até o

carnaval passar.

 

E daí que você está cansado e doido por um sossego. Já pensou em passar um fim de semana

em um hotel fazenda? Colocar um par de botas, montar a cavalo e acordar no meio do

mato com todo o conforto da cidade grande? Vai ser bom recarregar as baterias em um dos

melhores hotéis fazenda do Brasil, não acha? Confira!

 

No Amazonas existem os famosos lodge, que são aqueles hotéis super charmosos no meio

da selva. Em boa parte, o acesso é somente de barco ou avião, de tão isolados que ficam da

civilização. Oferecem passeios na floresta e no rio e a gastronomia é marcada pelos sabores da

região norte: açaí, graviola e cupuaçu. Lá você encontra Juma Lodge, Anavilhanas, Cristalino, e

Amazon Eco Park.

 

Na região serrana de Minas Gerais, entre as iguarias gastronômicas de queijo e compotas de

doces há a Fazenda dos Anjos, Horizonte Belo, Estalagem Fazenda Lazer e Chalés de Minas,

Fazenda Boa Esperança e Hotel Fazenda das Amoreiras. Em São Paulo você encontra fazendas

coloniais como a Fazenda Catuçaba, Hotel Sant’Anna, Fazenda Águas Claras, Fazenda Capoava,

Fazenda Santa Teresa e San Raphael Country Hotel.

 

No Rio de Janeiro, as fazendas carregam traços marcantes da monarquia e do Império:

Fazenda Gamela, Fazenda do Cedro, Fazenda do Mel, Galo Vermelho, Santa Helena, Serra

Castelhana, Fazenda Ribeirão, Arvoredo, Ponte Alta, Florença, Rochedo, 3 Pinheiros, Villa-Forte

e Jatahy.

 

No Pantanal, seja na época da seca ou da cheia, os hotéis fazenda tem acesso mais restrito, às

vezes somente de avião ou barco. As opções mais indicadas são o Refúgio Ecológico Caiman,

Passo do Lontra, Barra Mansa e Baía das Pedras.

 

Não importa aonde decida ir, é sempre bom lembrar que no mato a temperatura é sempre

é mais baixa que na cidade, então não esqueça o casaco! Ah, leve também repelentes, calça

jeans, botas masculinas ou botas femininas, que vão oferecer conforto e segurança nos

passeios.

Related Post

Quem escreve 

Tradutora freelancer, assessora de imprensa e fã do ambiente digital. Viaja sozinha desde muito cedo e sempre quis saber onde cada trilha e estrada acabam.

Deixe uma resposta