Canal Saint-Martin: a vida cotidiana de Paris

Canal Saint Martin

Aberto em 1825 esse canal de quase 5 km de extensão já foi cenário de filmes como O Fabuloso Destino de Amelie Poulain (não é à toa que faz parte do roteiro turístico do filme) que eu fiz à pé. É uma região gostosa para passear; cafés, lojinhas charmosas, sebos.

Parece um retrato da vida parisiense como ela é, pois é meio fora do circuito turístico da cidade. Se vê gente normal, voltando do trabalho, levando a vida e a rotina. Tem passeios de barco pelo canal (não sei quanto custa pois eu não fiz este passeio) e é uma alternativa para quem não está a fim de caminhar pela região.

Amelie Poulain canal Saint Martin

Acho que parte do charme desse canal se dá pelo formato das pontes, arqueadas e completamente integradas na arquitetura local. Recentemente o canal foi drenado e encontraram muito entulho no fundo: bicicletas, motos, cadeiras…tudo jogado no fundo.

Quem foi no primeiro trimestre de 2016 à Paris deve ter visto o canal esvaziado, pois as obras duraram alguns meses.
O acesso é fácil por conta das várias estações de metrô na região e, como fica em via pública, não tem custo 🙂

Por Maryssa Caetano

Quem escreve 

Tradutora freelancer, assessora de imprensa e fã do ambiente digital. Viaja sozinha desde muito cedo e sempre quis saber onde cada trilha e estrada acabam.

Deixe uma resposta