Dicas de viagem para Alemanha

Dicas de viagem para Alemanha: Hamburgo
Dicas de viagem para Alemanha: Hamburgo
Vista de Hamburgo

Passear pelas ruas de Stuttgart, Berlin, Hamburgo e Monique foi uma tarefa fácil no outono europeu. Com as folhas caindo, as paisagens com folhas amarelas e vermelhas no chão, o outono ameno e as cidades lindas e cheias de história tornavam qualquer simples passeio em um espetáculo.

Baixei alguns aplicativos de mapas, pontos turísticos e dicionário (que comento no próximo post) e saí pelas ruas. A central de informação turística de Munique é super completa, você recebe mapas e guias super bem impressas. Curti a qualidade do material.

Dicas de viagem para Alemanha: Berlin
Arco de Bradenburg em Berlin

Se esbalde nas comidinhas de rua! As lanchonetes de dönner kebab, que é um lanche árabe, são vendidas em tudo quanto é esquina. Os melhores, costumam custar 5 a 6 euros, mas vale a pena pra caramba! São super saborosos e foi o mais próximo que cheguei de carne de vaca lá.

No porto em Hamburgo as lanchonetes vendem peixe e fritas com um molho de-li-ci-o-so e cozinha da cidade é reconhecida internacionalmente, com pratos do mundo todo. Ah, aqui também tem uma coca-cola típica da cidade, chamada Fritz Kola, a garrafa é super hipster e combina com o estilo boêmio da cidade.

As padarias também tem muito sanduíche de dar água na boca e eles ficam expostos na vitrine, bem legal!

berliner-dom-pics
Catedral de Berlin

Comer em restaurante sempre é mais caro, mas se tiver a fim de passar nos supermercados que estão por todos os cantos (no metrô, no bairro, no centro), compare com os preços do Brasil e se esbalde nas frutas vermelhas, cogumelos frescos, iogurtes, pães e snacks mil. Muitas vezes a menos de 1 euro.

As lojinhas de decoração mais baratinhas tem coisas lindas e produtos que nunca vi no Brasil. Produtos que tornam a vida prática não são considerados itens de luxo e isso explica porque as casas alemãs têm tanto bom gosto e decorações com cara profissional. Você encontra velas, quadros de parede, cortinas, almofadas, canecas, bowls, enfim. Tudo minha gente, tu-do!  No Brasil, sei que tem esse site tem imagens de quadros.

 

Dicas de viagem para Alemanha: Munique
Castelo da Disney

E a Ikea não fica atrás, os produtos tem um design bacana e os preços são acessíveis para gregos, troianos. Não é status ter uma casa bonita, qualquer um pode ter. Aliás, Hamburgo é a única cidade no país em que a loja fica no centro da cidade, dá pra ir de metrô.

Por isso achei difícil reconhecer os ricos por lá. Qualquer um com salário médio pode ter um carro legal, os alemães se vestem bem mas se importam muito pouco como os outros se vestem, sabe? Achei democrático.

Dicas de viagem para Alemanha: museu de miniatura
Museu de miniatura

Viajar de ônibus entre as cidades é uma delícia! Os ônibus são confortáveis e a paisagem ajuda. Os preços variam pela antecedência da compra e pela quantidade de lugares disponíveis, então o quanto antes garantir sua poltrona, mais barato fica. Viajei com essa companhia, mas existem outras: http://meinfernbus.de/

Em nenhuma das cidades que fui eu vi catraca no metrô ou no ônibus, mas vi fiscais. A ideia deles é: acesso rápido e seguro ao transporte público e, caso algum esperto esteja andando sem pagar, multa pesada neles (50 euros).

Dicas de viagem para Alemanha: porto de Hamburgo
Porto de Hamburgo

Cada cidade tem um sistema de transporte público diferente. Em Hamburgo foi o mais barato e o mais fácil! Você paga um ticket por um dia e tem direito a usar até a balsa que cruza o rio. Os tickets válidos a partir das 9 AM são mais em conta, afinal os horários mais concorridos são cedinho. Aqui, você precisa marcar o ticket numa maquineta de controle de validade e guardar no bolso.

Em Stuttgart, passe o ticket (se for diário) dentro do próprio metrô, mas se for semanal, só mantenha no bolso, caso a fiscalização peça. Nessa cidade, cuidado com as zonas no sistema de metrô. Há vários tipos de ticket: válido por hora, diário, semanal e semestral. Daí você escolhe as zonas que ele é válido, então, passar uma estação além do permitido, você corre o risco de ser multado. Ah, os fiscais andam à paisana e em todos os horários. Eu apresentei o meu uma vez às 5 AM!

Em Berlin, o custo é intermediário, mas comprei um válido por 48 horas que você precisa marcar na estação.

Dicas de viagem para Alemanha: padaria
Prove os quitutes das padarias

Dm é um tópico à parte. Nesta loja em que é um tipo de Lojas Americanas, se compra produtos de higiene, ração para cachorro, snacks e dá para imprimir suas fotos de viagem em todos os tamanhos possíveis. Eu queria imprimir as minhas fotos para pendurar na parede feito quadro, mas os preços em euro assustaram um pouco. No Brasil, esse site é especializado em venda de quadros e confecção personalizada quadros decorativos, basta fazer o upload da foto e escolher o modelo e formato.

Amei na Alemanha

Ficou para próxima

Quem escreve 

Tradutora freelancer, assessora de imprensa e fã do ambiente digital. Viaja sozinha desde muito cedo e sempre quis saber onde cada trilha e estrada acabam.

One Reply to “Dicas de viagem para Alemanha”

  1. […] de sair continuam batendo latentes dentro do peito. Dá uma lida nos posts da Bolívia, Alemanha, Argentina e Uruguai (não sei se tenho as fotos do Paraguai […]

Deixe uma resposta