Intercâmbio para Austrália, uma lembrança inesquecível

No final de 2008 eu resolvi que queria fazer um intercâmbio de inglês, para aprimorar meus estudos e aproveitar para viajar nas férias. A princípio eu queria ir para a Inglaterra, já tinha visto o intercâmbio e o curso, até que meu tio me sugeriu em vez de ir para Londres curtir a Austrália. Na hora eu não quis muito, mas como era ele o patrocinador do meu intercâmbio resolvi topar. E foi a melhor escolha que eu fiz na vida!

Meu intercâmbio para Austrália foi em Janeiro de 2009, eu e minha prima fomos juntas e estávamos em um grupo de vários brasileiros, ficamos em uma cidade chamada Manly que é bem próxima de Sydney, só pegar um ferry (um tipo de balsa) em 30 minutos você está na cidade mais famosa do país. Ficamos 4 semanas hospedadas na casa de uma família local e fazendo curso de inglês, ao final de cada aula o grupo ia passear pelos pontos turísticos. Conhecemos o Opera House, fizemos caiaque, fomos para o Chinatown, enfim passeio completo pela cidade.

intercambio-para-australia

O bom de ir com um grupo de brasileiros é que você faz novas amizades porque cada um era de um canto do Brasil e também para não se sentir sozinha. O único contra é que fora da sala de aula, a gente só falava em português. Se bem que a cidade que ficamos era tomada por conterrâneos. Qualquer loja ou restaurante tinha alguém que entendia o que a gente estava falando e tinha ido para Austrália buscar uma vida melhor.

No fim das 4 semanas meus tios foram nos encontrar no país, alugamos um carro e viajamos pela Gold Cost durante 2 semanas! Foi incrível, conhecer cidades do interior da Austrália que são tão pequenas que nem parece que você saiu do Brasil. E o melhor na estrada ver fazendas e mais fazendas com Cangurus nativos correndo de um lado para o outro.

meu intercâmbio

Fomos a zoológicos, abraçamos coalas e alimentamos cangurus. Mas também passamos muito, mas muito calor, tiveram dias que a temperatura chegava a quase 50°, nada que um bom mergulho nas águas CONGELANTES da Austrália não curassem. A água era tão fria, mas tão fria que eu conheço pessoas da excursão que não entraram no mar durante o período todo que estivemos lá.

Claro que muita gente não entrou não só por causa da temperatura da água. Muitas pessoas sabem da fama dos mares australianos, muitos tubarões e muitas águas-vivas. Tão sério que teve uma menina no nosso grupo que ficou com uma queimadura horrível. Tubarão não vimos nenhum, mas os alarmes e as bandeirinhas marcando a presença deles estavam por todos os lugares.

A Austrália foi uma ótima escolha para mim e para minha prima, tanto é que ela voltou lá um ano depois e não voltou mais, fez ensino médio e faculdade e agora parte para o mestrado.

É incontestável a beleza do país, a educação e a hospitalidade das pessoas que moram por lá e o fato de ser tão longe mas ainda sim tão perto pelas características tão parecidas com o Brasil.

Me tornei apaixonada pela Austrália e acredito que todos devem a si mesmos a oportunidade de conhecer um dos países mais incríveis do mundo!

Related Post

Quem escreve 

Deixe uma resposta