Turismo em Salvador fora do carnaval

Turismo em Salvador na baixa temporada

O Carnaval está chegando e, novamente, estou sem planos para viajar. Navegando aqui e acolá descobri que, carnaval na Bahia seria meio lotado, mas existem eventos em Salvador o ano todo, muitos combinam com o meu estilo. Eu não sou muito fã da badalação, mas iria numa boa à Salvador para provar a culinária baiana, conhecer os prédios históricos, as praias com água morna… Sossego geral.

Estava dando uma conferida nas notícias da Bahia e vi que acontecem eventos filantrópicos que arrecadam alimento em troca de um passeio de remo, há eventos gratuitos para lançamentos de livros, saltos de paraquedas a R$ 30 e shows de bossa e música popular em botequins. Isso me conquistou <3 Pois desmistifica aquela história de que o nordeste é super – mega –ultra caro e é legal saber que eu também posso ir pra lá. =)

Turismo em Salvador: praias

Bem, vamos às opções que maaais me atraíram para o turismo em Salvador, para eu me planejar para uma viagem no futuro na baixa temporada:

Cruzeiros: A CVC e uma fila de outras agências organizam cruzeiros pela costa brasileira, nas opções nacional e internacional, passando por Salvador. Encontrei viagens de 8 dias por R$ 1279 + 441 de taxas, passando por Rio, Salvador e Búzios aqui: http://www.logitravel.com.br/cruzeiros/rio-salvador-e-buzios-15160243.html

Alugar casa de praia: Se eu for em grupo, o Air Bnb seria a melhor opção para curtir o verão na Bahia, já que tem casas de praia e apartamentos ma-ra-vi-lho-sos com um preço super acessível e, tirando a mordomia do hotel, ficar em casa tem espaço para cozinhar, lavar roupa e se esparramar no sofá, né?

Turismo em Salvador: o que fazer na baixa temporada

Ficar em Hostel: eu ficaria em hotel se o preço fosse ridiculamente baixo, e geralmente, como isso não é possível, eu prefiro o hostel, sempre. Principalmente se for para viajar sozinha ou em dupla, mais que isso, prefiro alugar um apê pelo Air Bnb. Descobri o site TRavel Holics, com boas indicações de albergue.

Camping: eu só encontrei duas opções em Salvador, Itapoan e Stella Maris. Sendo que o segundo, eu teria que pesquisar bastante antes de me decidir, pois tem gente que amou e outros detestaram e até alguns que dizem que fechou. “/

 

Quem escreve 

Tradutora freelancer, assessora de imprensa e fã do ambiente digital. Viaja sozinha desde muito cedo e sempre quis saber onde cada trilha e estrada acabam.

Deixe uma resposta